Os mais de 30 mil acessos ao www.reformaeconstrucaodacasa.blogspot.com maximizam o foco na excelência pela informação jornalística de qualidade. Ao optarmos pelo segmento editorial assumimos compromissos como ferramenta imprescindível no empreendedorismo do setor. Dar suporte através de uma comunicação precisa, verídica e direta é responsabilidade e metas desta publicação online. Além dos significativos acessos, opiniões, sugestões ou críticas serão bem-vindas no aperfeiçoamento e consolidação dos objetivos proposto. Sua participação vai estampar a página desta revista como forma de reconhecimento e admiração pelo seu direito de expressão. Comentários através do reformaeconstrucaodacasa@gmail.com

sábado, 17 de agosto de 2013

Termômetro da Abramat aponta estabilidade nas vendas de materiais de construção.


 desempenho das vendas de materiais de construção, no mês de julho, foi considerado como “Regular”, segundo o termômetro mensal divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). A expectativa para agosto é de que a média mantenha-se nesse mesmo parâmetro. Para o presidente da entidade, Walter Cover, "Essa queda se deve à execução lenta das obras de infraestrutura e à indefinição sobre a continuidade das medidas de desoneração do setor em 2014, em particular a desoneração do IPI"

Quanto Em relação às expectativas sobre ações do governo para o desenvolvimento do setor nos próximos 12 meses, a sondagem entre as indústrias de material de construção indica uma queda de 6% no otimismo, atingindo 20% em julho contra os 26% referentes ao mês anterior. Este é o número mais baixo alcançado no último ano.

As pretensões de investimentos das indústrias de materiais no médio prazo são de 70%, para os próximos 12 meses. "A despeito do baixo crescimento da economia, a indústria de materiais mantém até esse momento uma atitude positiva quanto aos seus investimentos a médio prazo", destaca Cover.

O nível atual de Utilização da Capacidade Instalada é de 82% da Capacidade Industrial, 1% superior aos índices verificados no trimestre anterior.

Desde a sua fundação, em abril de 2004, a Abramat acompanha e contribui para o crescimento da Construção Civil no país, atuando como interlocutora do setor junto ao Governo e aos demais agentes da cadeia produtiva da construção civil. A entidade conta atualmente com 50 empresas filiadas, que são as líderes na fabricação de materiais de construção dos diversos segmentos. Entre os temas que representam os focos de atuação da entidade estão: a competitividade da indústria, a desoneração fiscal de materiais para construção, a conformidade técnica e fiscal na produção e comercialização dos materiais, a profissionalização da mão-de-obra da construção e a responsabilidade socioambiental dos agentes do setor.
Fonte: Abramat

Nenhum comentário:

Postar um comentário