Os mais de 30 mil acessos ao www.reformaeconstrucaodacasa.blogspot.com maximizam o foco na excelência pela informação jornalística de qualidade. Ao optarmos pelo segmento editorial assumimos compromissos como ferramenta imprescindível no empreendedorismo do setor. Dar suporte através de uma comunicação precisa, verídica e direta é responsabilidade e metas desta publicação online. Além dos significativos acessos, opiniões, sugestões ou críticas serão bem-vindas no aperfeiçoamento e consolidação dos objetivos proposto. Sua participação vai estampar a página desta revista como forma de reconhecimento e admiração pelo seu direito de expressão. Comentários através do reformaeconstrucaodacasa@gmail.com

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Índice FipeZap aponta queda no preço dos imóveis.

Porto Alegre e Florianópolis estão entre as cidades brasileiras que registraram ligeira queda nos preços do imóveis entre agosto e setembro deste ano, conforme o índice FipeZap, que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 municípios brasileiros. A segunda queda  nominal (-0,12%) consecutiva no período também foi verificada em Brasília, Rio de Janeiro, Niterói, Recife, Goiânia e Contagem. 

No acumulado dos nove primeiros meses de 2015, o índice FipeZap ainda registra crescimento de 1,38%, diante de uma inflação de 7,58%, esperada pelo IPCA (IBGE), uma queda real de -5,76% no preço médio do metro quadrado anunciado. Com exceção de Florianópolis, todas as outras cidades que compõem o índice registraram variações menores do que a inflação até setembro, sendo que Niterói, Brasília, Curitiba e Rio de Janeiro tiveram queda nominal nesse mesmo período.

No acumulado de 12 meses terminado em setembro último, a variação do índice foi de 2,63%, ao passo que inflação esperada para o IPCA (IBGE) no período é de 9,43%. Com efeito, o preço dos imóveis apresentou queda real de 6,21% nos últimos 12 meses. Pela nona vez consecutiva, a variação foi menor do que a inflação nessa base de comparação.

Todas as cidades pesquisadas mostraram resultados menores do que a inflação nacional nessa base de comparação O valor anunciado do metro quadrado médio das 20 cidades em setembro de 2015 foi de R$ 7.601. A cidade com o metro quadrado mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (R$ 10.538), seguida por São Paulo (R$ 8.614). Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (R$ 3.567) e Goiânia (R$ 4.175).

O Índice FipeZap, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal ZAP Imóveis, é calculado pela Fipe e acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 20 municípios brasileiros com base em anúncios da internet. 
Fonte: www.fipe.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário